Luiz DanielBlasius de Oliveira: No chão. Foi quando eu estava caído...

No chão.
Foi quando eu estava caído que tudo fez sentido.
Foi nesta hora que eu descobri porque bebo fumo ou porque estou tão só.
Foi por simples vontade, eu quis assim.
Expulsei todas as pessoas de minha vida por egoísmo.
Por achar que eram demais pra mim.
Coloquei-me no mais baixo escalão de amigo, de filho e de namorado.
Sempre com medo de magoar os outros.
Achei que podia segurar o mundo nas costas.
Mas não posso. Nunca pude.
E agora quero dar a volta por cima.
Mas não como antes.
Quero fazer as coisas certas agora, sem medo de nada.
Porque quando se está no chão você percebe o quanto esta sozinha.
E você percebe o quanto precisa de alguém.
Para rir, chorar, beber ou apenas um aperto de mão.
As coisas sem sentido estão em outra parte de meu ser.
Ficaram naquele chão podre. Estão mortas. E eu estou vivo.

1 compartilhamento
Inserida por Blasius