Davidson Luis: O desespero a angustia e os pedaços,...

O desespero a angustia e os pedaços,
Vidro, espelho e me vejo, quem sou eu?
Vidas, tempo, caem remontam, descontam e somam, consomem.
Não tenho tudo o que tive, tenho o que tenho agora, tenho o que posso ter. Meus troféus, minhas medalhas agora não valem nada, só historia. Em frente ao espelho da minha vida, em frente ao reflexo de outra vida.
Desespero, desejo quebrar tudo e acabar. Acabar com meu passado, meu futuro. Já tinha vivido uma vida que não deveria ter sido somente um reflexo.
Uma sombra e sim uma vida viva, com propósito.
E fujo do meu reflexo no meu quarto e lá do alto do meu alto, vejo.
Quando me imaginava aqui em cima, e no alto, como cheguei aqui?
Como chegar lá, e como começar de novo.
Começando aqui dentro, tudo de novo.
Na eternidade de um segundo me liberto e caio lentamente.
Me liberto de você, me liberto de mim.
Sou eu, eu mundo, eu caverna, eu espelho, eu reflexo, quero viver sem mim, quero viver de novo, me deixa, eu vou, eu fico, eu estou, livre.
Escrevi isso, vivi isso, vi em algum livro, não lembro.

1 compartilhamento
Inserida por DavidsonMenezes