Bruno M. Tôp: Toda noite, todo dia, Eles não param de...

Toda noite, todo dia, Eles não param de aparecer, Esses olhos de maresia, Sempre vêm me embevecer. Nos espelhos, nas estrelas, no luar, Os olhos de maresia, Par... Frase de Bruno M. Tôp.

Toda noite, todo dia,
Eles não param de aparecer,
Esses olhos de maresia,
Sempre vêm me embevecer.

Nos espelhos, nas estrelas, no luar,
Os olhos de maresia,
Parecem estar em todo lugar,
Como se fossem obra de magia.

E a cada nova aparição,
Mais perfeitos são!
Pobre dos meus olhos cheios de covardia,
Sempre são hipnotizados de tal jeito,
Que despertam alguns efeitos...
Quase que insanos.

E mesmo que se passem vários,
Ou apenas poucos anos,
Esses apelíneos olhos de maresia,
Não vão sumir do meu imaginário...

Eu não sei explicar o porquê,
Eu só sei...
Porque aos vislumbrar uma só vez,
Senti que me apaixonei!

Por esse olhar que trasborda nostalgia,
Um olhar cheio de maresia...
Um olhar pertencente a você,
E é onde se esconde talvez,
A minha eterna alegria.

1 compartilhamento
Inserida por brunomtop