Rachel Berry: Eu te amo! Por alguns instantes pensei...

Eu te amo!
Por alguns instantes pensei que isto fosse um sentimento que me fizesse sonhar, entretanto, sinto que vivo um grande pesadelo sem fim. Amar você é viver na condição de um condenado. Porque eu sei que você nunca me amará como te amo.
Digo todos os dias que vou te esquecer. Que nunca, mas vou procurá-lo; Que vou excluí-lo do meu pensamento. Não resisto e faço tudo de novo.
Sempre disse que por ninguém choraria até você cruzar meu caminho.
Porque que razão meu coração resolveu baixar a guarda?
Será que não mais existe juízo nele?
Quem o enganou dizendo que você também podia um dia amá-lo?
Será que ele nunca amará e será correspondido?
Será que eu fiz algum mal que não pode ser perdoado; e que pagarei por esse toda a minha vida?
Meu coração não é tão forte quanto pensava.
Ele não é um mostro.
Nem perverso.
Para assim ser tratado.
Tenha misericórdia de mim Senhor, pois, não agüento mais este martírio que parece não ter fim.
Por acaso fui eu mandado para o inferno a fim de ser torturado?
Os bons homens se vão, passando por nós sem que venhamos perceber.
E os maus com palavras enganosas tentam nos seduzir, arrancando de nós a doçura de menina. Mutilando nossos corações como se fossem pedaços de carne. Devorando nossos sentimentos, simplesmente para saciar suas vontades insanas.
E levam de nós o que há de melhor.
Diga-me oh coração; tu és meu amigo ou inimigo?
Para permiti que este se hospedasse sabendo que não terá cuidado algum contigo?
Tu és tolo pensando que um dia ele terá misericórdia de ti quando se for.
Um dia ele se cansará de ti e encontrará um lar que lhe pareça melhor e sem dizer adeus partirá. E quem cuidará de ti?
Responde-me!
Porque não pensou nas conseqüências?
Estou desesperada por não saber quando esse tormento acabará; se é que ele terá fim algum dia.
O amor que é citado como um bem que não se pode descrever... Lágrimas de alegria, de prazer. Mas só conheço dele lágrimas de grandes tristezas e dores profundas.
Será que todos terão o direito de conhecê-lo; não somente em palavras, versos e prosas?
Sou eu indigna de desfrutar de algo que me parece tão belo. E que com quatro letras produz as maiores sensações do universo.
Não pode ser ele só uma palavra num dicionário. Por que muitos já matarão é já morrerão em nome dele ou na busca de vivenciá-lo.
Vou prossegui na minha busca, levando este fardo que pesa mais que o mundo. Talvez um dia ele torne somente uma lembrança triste ou vire uma alegria constante.
Quem sabe?

1 compartilhamento
Inserida por RachelBerry