Moises Bottas: Ser poeta Dizem que o poeta é pouco de...

Ser poeta

Dizem que o poeta é pouco de tudo
E todas as qualidades lhe recaem,
É boêmio, alcoólatra,pervertido e senhor das palavras e dos ombros alheios,

Ser poeta é ser vivo para o mundo da razão e da imaginação,
Não ser o senhor do sim e do não,mas de um talvez comuma certa dose de dúvida,
Talvez ser poeta esteja alem das qualidades comuns dos humanos,
Pois os poetas falam uma linguagem muitas vezes incompreensível,
Por vez se deixa levar pela experiência primordial de algo novo.
Ser poeta é não ter hora para dormir e nem para proferir doces palavras,
È ser o senhor muitas vezes do cinismo, do sarcasmo e da liberdade "in tontum".

È perceber no olhar da mulher a necessidade do afago e de um carinho,
È saber conduzir a situação até aninhá-la em seus braços,
È ser ousado ao adentrar sua mente com palavras sutis e sendo sutil saber te conquistar.
O poeta sempre tem mais uma ficha para uma ultima deixa,
É fascinado pelos olhares de gueixa que em poucas mulheres ele encontra,

No final de tudo
Ser poeta
É ser um pouco de tudo e não ser nada,
E sendo nada
Talvez faça parte de alguma coisa que para alguns é TUDO.

6 compartilhamentos
Inserida por moisesbottas