Há aquilo que se sabe e há aquilo que... André Gide