Amor perdido Às vezes o tempo, parece... Willian Ribeiro

Amor perdido

Às vezes o tempo, parece não ser tempo,
às vezes estamos vivos, mas não vivemos,
às vezes sonhamos o que não são sonhos,
às vezes pensamos em objetivos sem razão.
Às vezes sentimos amor, sem nem saber o que é!
Às vezes, às vezes, às vezes...
Mas, qual o verdadeiro significado de tempo, vida,
Sonhos, pensamentos e sentimentos?
Sei que...
O tempo foi nosso inimigo,
quando estávamos longe, ele dormia,
quando nos encontrávamos ele
resolvia correr pra algum lugar.
A vida também não foi justa,
quando demorou de cruzar nossos
destinos, fazendo de nós pessoas
que viviam de momentos roubados.
Ah! Os sonhos...tanto que sonhamos,
planos que fizemos, tolices...
O pensamento foi de certa forma nosso
único companheiro, sincero e sempre conosco.
E enfim, chegamos ao amor! Aquele sentimento
que muitos tentam explicar, mas de vários significados,
de muitos instantes, de inúmeras dúvidas, de inquestionáveis
razões...de inexplicáveis vidas!
Na vida, sou capaz de expressá-lo
com dois simples significados.
O primeiro, muito triste de não
te ter aqui comigo e, o segundo, de que fostes
e continuará sendo a única pessoa que me faz perder o tempo,
que me fez sonhar, lembrar de viver.
A única pessoa que amarei por toda essa vida,
ainda que eu viva sem a atua companhia.

49 compartilhamentos
Inserida por PoemasePoesias