Paul Claudel: Saía enfim do mundo odioso de Taine, de...

Saía enfim do mundo odioso de Taine, de Renan e de outros Moloques do século XIX, dessa prisão, dessa horrível mecânica inteiramente governada por leis perfeita... Frase de Paul Claudel.

Saía enfim do mundo odioso de Taine, de Renan e de outros Moloques do século XIX, dessa prisão, dessa horrível mecânica inteiramente governada por leis perfeitamente inflexíveis e, para cúmulo do horror, cognocíveis e ensináveis.

1 compartilhamento
Inserida por JAMIGO