⁠E a noite, a Lua, virou o Sol, o dia.... Irmos Voltaire

⁠E a noite, a Lua, virou o Sol, o dia. Neste instante, o poeta, o guardião, varou a porta dourada e travessou o selo que separa o antes e o depois, o que era in... Frase de Irmos Voltaire.

⁠E a noite, a Lua, virou o Sol, o dia.

Neste instante, o poeta, o guardião, varou a porta dourada e travessou o selo que separa o antes e o depois, o que era inconsciente do que era consciente, juntando tudo no agora. E a melodia do Destino soou para resgatar as almas que não existiam e fazer valer o amor esquecido. Somos senhores do mundo, mas quando criamos os seres, deixamos de ser nós.

Inserida por IrmosVoltaire