Remisson Aniceto: ⁠OBJETIVO O poema é gota d'água que...

⁠OBJETIVO O poema é gota d'água que se abre num fio
e o solo vai beijando sem nunca parar,
pelos vales vai crescendo até fazer-se rio
e deslizando pela terra va... Frase de Remisson Aniceto.

⁠OBJETIVO

O poema é gota d'água que se abre num fio
e o solo vai beijando sem nunca parar,
pelos vales vai crescendo até fazer-se rio
e deslizando pela terra vai juntar-se ao mar.

Ali se transforma em barquinhos de espuma,
que navegam, aos milhares, o tapete gigante.
Unidos, sem temor, a desfazer as brumas,
até abrir-se o Sol de um Novo Horizonte.