Fuad Caetano: ⁠Ninguém Sou o grito mudo no vazio,...

⁠Ninguém Sou o grito mudo no vazio,
Nada pode acalmar a dor.
Ninguém.
Pode. Sou o sorriso amarelo no escuro,
Busco na sombra o afago.
Ninguém.
Vem. Sou o escárn... Frase de Fuad Caetano.

⁠Ninguém

Sou o grito mudo no vazio,
Nada pode acalmar a dor.
Ninguém.
Pode.

Sou o sorriso amarelo no escuro,
Busco na sombra o afago.
Ninguém.
Vem.

Sou o escárnio da nobreza,
Vivo pelos becos da miséria.
Ninguém.
Espera.

Vê?
Ninguém.
No fim se importa com nada.
Sou o tempo perdido angustiado.

Inserida por fuadcaetano