João Miguel Godinho Reis: Eu sou o vento que corta e a chuva que...

Eu sou o vento que corta e a chuva que cai. A espada que alguém forja pelo caminho por onde vai. Mesmo sendo isto tudo não me posso esquecer, Pois sendo sortudo... Frase de João Miguel Godinho Reis.

Eu sou o vento que corta e a chuva que cai.
A espada que alguém forja pelo caminho por onde vai.
Mesmo sendo isto tudo não me posso esquecer,
Pois sendo sortudo, tudo me pode acontecer!
Mas mesmo que não tenha sorte e algo de mal aparecer,
Lutarei sempre forte e tudo no fim farei acontecer!

Inserida por JoaoMiGodReis