Nerisírley Barreira do Nascimento: Sem palavras Meu doce suspiro caiu de...

Sem palavras Meu doce suspiro caiu de velho , soprou de bobo , mingou de riso Buscou alento , na criatividade . Abrigo na imaginação , numa tarde de Domingo . E... Frase de Nerisírley Barreira do Nascimento.

Sem palavras

Meu doce suspiro
caiu de velho ,
soprou de bobo ,
mingou de riso
Buscou alento ,
na criatividade .
Abrigo na imaginação ,
numa tarde de Domingo .
Encontrou o quarto vazio ,
um silêncio esperançoso ,
uma solidão de palavras ,
uma reticências , um ponto .
No quarto da lua nova
no equilíbrio do vazio
simplesmente por ser,
e não ter, nada a escrever .

02-05-99

Inserida por breno_bertioga