Geórgia Lira: Caminhante Do negro céu e prateada lua,...

Caminhante Do negro céu e prateada lua, do leve ar soprante de árvores nuas cujos reflexos enfeitam a cidade crua; de azul fala embalada pela mente tua, faz-se ... Frase de Geórgia Lira.

Caminhante

Do negro céu e prateada lua,
do leve ar soprante de árvores nuas
cujos reflexos enfeitam a cidade crua;
de azul fala embalada pela mente tua,
faz-se tu, Caminhante destas ruas.

Mais vermelho que sangue,
rojador de desespero;
mais celeste que veia,
pulsante em cheia, é teu paradeiro.

Oh Caminhante de mim,
ao passo que o dia chega ao fim
e no silêncio me encontro enfim,
teu melódico caminhar acalma meu confim.

Sinto teu andar pelas artérias
e, antes que possa duvidar,
tu já decompõe a matéria,
outrora solitária miséria.

Numa casinha amarela tu se instala,
neste lírico vilarejo cardíaco
que descrevo enquanto tu desfaz a mala,
Caminhante do meu corpo físico e onírico.

Inserida por sinestesiam