Gil Fagundes: No silêncio da noite, a solidão invade...

No silêncio da noite, a solidão invade minha alma, e vai passando diante dos meus olhos sem que eu consiga adormecer. Todos os meus sonhos escondidos se despert... Frase de Gil Fagundes.

No silêncio da noite, a solidão invade minha alma, e vai passando diante dos meus olhos sem que eu consiga adormecer. Todos os meus sonhos escondidos se despertam na madrugada. Meu coração se enche de esperança, mais sinto tudo escuro e um abismo me invade .
Não é drama ou vaidade
o nome é tristeza. Doída tristeza te odeio com toda certeza, pois da minha poesia tiras a beleza. Sei que somos apenas o reflexo das alegrias que pintamos dos sorrisos que inventamos para esconder as cicatrizes das lágrimas que escorre e nos fere. Sei bem o que sinto, e assim
escrevo o que extravasa e não cabe mais dentro do peito. Boa noite .

Inserida por Gilbertofoliveira06