Ministério pãodiário: As pessoas fracas fortes De bom grado eu...

As pessoas fracas fortes

De bom grado eu prefiro me gabar em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo possa repousar sobre mim. - 2 Coríntios 12: 9

Se existe algo que amamos odiar mais do que a arrogância dos outros, seria necessário ter consciência de nossa própria fraqueza. Detestamos tanto que inventamos maneiras de cobrir nossa inadequação pessoal.

Até mesmo o apóstolo Paulo precisava ser lembrado de sua própria fragilidade. Ele foi espetado repetidas vezes por um “espinho na carne” (2 Co 12: 7). Ele não citou o nome de seu espinho, mas J. Oswald Sanders nos lembra que, seja o que for, “doeu, humilhou e restringiu Paulo”. Três vezes ele implorou ao Senhor que o tirasse, mas seu pedido não foi atendido. Em vez disso, ele usou seu espinho para explorar a graça de Deus. O Senhor prometeu: “A minha graça te basta, porque a minha força se aperfeiçoa na fraqueza” (v.9).

Corajosamente, Paulo começou a “possuir” sua fraqueza e pôr à prova a graça do Senhor, um caminho que Sanders chama de “um gradual processo educativo” na vida do apóstolo. Sanders observa que, por fim, Paulo não mais considerava seu espinho como uma “limitação”, mas como uma “vantagem celestial”. E sua vantagem era essa: quando ele era fraco em si mesmo, era forte no Senhor.

Quando aceitamos nossas fraquezas, em Cristo podemos ser pessoas fracas e fortes.

Que a Palavra de Deus habite ricamente
Em meu coração, de hora em hora,
Para que todos possam ver, Eu
só triunfo através de Seu poder. Wilkinson

Para conhecer a força de Deus, devemos conhecer nossa fraqueza. Joanie Yoder

Inserida por 2019paodiario