Carolina Bastian: CÁRCERE No cais desse mundo célere, A...

CÁRCERE No cais desse mundo célere, A vida passa em um sopro. Tão fugaz quanto meus pensamentos, que me tiram O alento. Atleta nata De correr contra o tempo, E ... Frase de Carolina Bastian.

CÁRCERE

No cais desse mundo célere,
A vida passa em um sopro.
Tão fugaz quanto meus
pensamentos, que me tiram
O alento. Atleta nata
De correr contra o tempo,
E ainda assim, perdida
Nos dias da semana.
Ora, o ano mal começou
E já está na metade! Este
Domina a arte da fugacidade.
Queria deleitar de todos
Os minutos, mas quando
deparo-me já estou no amanhã
E o hoje fica encarcerado
No passado.

Inserida por carolinabastian