Será que ainda irei segurar sua mão?... Willian Nascimento

Será que ainda irei segurar sua mão?

Não vou negar que sinto tua falta
E nem da forma que você me amava
Não acredito em como tudo veio a acabar
Ninguém nunca me disse...
Que Você não é o tipo de amor feito para recordar

Agora tenho de uma dor a compartilhar
E só as paredes do me quarto param pra me escutar
Elas testemunham minhas noites intranquilas
Cercadas de lembranças de um sorriso

Quem diria que tudo acabou por um fio
Ou que ainda sinto falta do teu sorriso
Levanto me perguntando: Onde está aquele brilho?
Ninguém disse que seria fácil se acostumar com isso

Agora vivo dias de buscas
Talvez eu te reencontre do outro lado da montanha
Mas ainda procurando te evitar
Com medo de te olhar e tudo vier a pesar

Desejo de volta o privilegio de te amar
Para uma valsa ainda irei te chamar
Ao te encontrar, coração ainda se exalta
Só a espera de ouvir aquelas palavras

E agora o que sobrou do nosso amor?
Lembranças repletas de beijos e abraços?
Historias de um sonho encantador?
Que um dia você irá contar a outro alguém

O céu continua escuro sem o teu sorriso
Quero voltar a viver em seu Paraíso
As cores deixaram de ser vivas sem o teu olhar
Desejo de volta aquele sentimento que me fazia sonhar

Mas do que adianta desejar
Se nem voltando o ponteiro do relógio
Eu consiga voltar e novamente te dizer:
Eu amo o brilho do teu olhar

Ainda sinto um calor, mas esse não é como o seu
Esse arde como gim percorrendo pela ferida
E ainda que no choro ele doa amargamente
Um sorriso se revela ao lembrar
Da sua profundidade

1 compartilhamento
Inserida por willian_nascimento