Elisa Salles: TODOS OS DIAS Aceitei tuas mãos na...

TODOS OS DIAS Aceitei tuas mãos na minha nuca Baixei a guarda, e fui... Embalada nas águas mornas do teu mar Silenciei minha voz na tua boca Permiti que invadis... Frase de Elisa Salles.

TODOS OS DIAS

Aceitei tuas mãos na minha nuca
Baixei a guarda,
e fui...
Embalada nas águas mornas do teu mar
Silenciei minha voz na tua boca
Permiti que invadiste minhas entranhas
e minha cerne mais sagrada.
E fui desejo
E fui amor
... E fui mulher!
Fui entrega e permissão.
Hoje sou memórias
Mas não há tristeza.
Tomo uma taça de vinho e revivo cada segundo de nós.
Reviveria tudo novamente
E novamente,
o veria partir.
Mas não renego um segundo do amor que vivi,
mesmo que tiver
que sofrer a saudade da tua ausência
pelo resto da minha vida.

1 compartilhamento
Inserida por elisasallesflor