Eu, Tu, Nós. Ele tem uns olhos... Ah,... Priscilla Dias Cavalcante

Eu, Tu, Nós.

Ele tem uns olhos...
Ah, uns olhos que sorriem
Sempre que encontram os meus.
Aqueles olhos que refletem luz
Olhos que conversam, que enamoram
Que encontram morada quando pousam em mim.
E tem um sorriso
Ah, o sorriso
Que me emudece, me aquece
E me faz esquecer de tudo que não me apetece.
Ele produz carinho nas palmas das mãos
E salpica um pouquinho em mim
Várias vezes ao dia.
Ele me oferece a palma
e eu sinto minha alma repousar
Leve, confiante, tranquila.
Ele tem pés que parecem dançar quando encontram os meus
E mesmo sem saber, se entendem, se atraem...
Nessa dança? deixa o amor conduzir.
Que vida louca é essa
Em um dia você é um, em outro é 2 em 1
Um dia é só silêncio
Em outro a gente se descontrola
Gritando ao mundo um amor que não cabe na gente.
Em um dia a gente se assenta sério e sóbrio,
em outro a gente enche a cara até cair,
De todo aquele riso frouxo que não deu mais pra segurar.
Se preciso a gente se reveza entre calma e tempestade,
Entre choro e consolo,
Sem nunca deixar de ser paz ou porto seguro.
E apesar daqueles dias que a saudade aperta a gente,
Bom mesmo é se apertar no abraço
Até não caber saudade.
E quem diria...
Que dois corações tão distantes
Um dia se encontrariam
pra bater assim tão sincronizados?

1 compartilhamento
Inserida por PriscillaCavalcante