Professor Mário Célio: Filhote de passarinho Certo dia uma...

Filhote de passarinho
Certo dia uma criança brigou com sua mãe por um motivo banal, saiu de casa e como morava num sítio, sentou à beira de um barraco e pois-se a pensar. O local onde sentara era mais alto que o restante do terreno e sua vista era privilegiada. Ainda um pouco chateado, começou a observar o movimento, tanto das pessoas quanto dos bichinhos que por lá viviam. Observou que próximo dele havia uma árvore e sons de alguns pássaros, notou que a mãe abandonava sempre o ninho, nesse momento os filhotes ficavam muito agitados, também pudera, na natureza a sobrevivência é dura, e qualquer vacilo pode ser fatal. Não demorava muito e a mãe voltava com alguns bichinhos no seu bico e dava aos seus filhotes o que necessitavam para comer. A criança notou o sacrifício da mãe para garantir a sobrevivência dos filhotes e ficou indignado pelo fato deles ficarem com medo enquanto a mãe estava ausente. "Será que eles não sabem que a ausência da mãe é para o seu próprio bem?", pensou a criança, nesse exato momento a criança teve um estalo em sua mente e pode entender o motivo pelo qual sua mãe nem sempre fazia o que ele queria, percebeu que ela fazia o que era necessário, mesmo que as vezes isso parecesse errado e fosse penoso para ambos. A criança voltou para casa e abraçou sua mãe demoradamente, nem mais lembrava a razão pela qual estava chateado, mas naquele momento ele entendeu o verdadeiro valor que só uma mãe pode ter.

1 compartilhamento
Inserida por professormariocelio