Guilherme de Almeida, Azul e Outras Cores: Vivo Eu caí Me deixei cair E fui...

Vivo Eu caí Me deixei cair E fui absorvido por tudo Um oceano de sentimentos Um oceano de sensações E foi bom Porém Algo estava errado Não conseguia me mexer Nã... Frase de Guilherme de Almeida, Azul e Outras Cores.

Vivo

Eu caí
Me deixei cair
E fui absorvido por tudo
Um oceano de sentimentos
Um oceano de sensações
E foi bom

Porém
Algo estava errado
Não conseguia me mexer
Não conseguia respirar
Estava engasgando

Invadiu meus pulmões
Já não podia mais respirar
Já não podia mais ver
Ja não podia mais sentir
Me afoguei

Mas
Nada me puxa para o fundo desse oceano infinito
Então porque eu continuo a descer?
Porque continuo negando que posso voltar a superfície?
Porque não consigo me permitir?

Minha última gota de força me faz subir
E começo a sentir meus dedos
Minhas pernas
Meus braços
Consigo me mover novamente

Sinto o peso esvair de mim
E o ar enche meus pulmões
Respirar dói
Como da primeira vez

Mas agora
Tudo é diferente
Posso ver
Estou vivo
Como nunca estive antes

1 compartilhamento
Inserida por azuleoutrascores