Poeta mineiro do cerrado - Luciano Spagnol: SILÊNCIO EM SILÊNCIO Do que valeu a...

SILÊNCIO EM SILÊNCIO Do que valeu a noite, se rasgando na madrugada onde se perdeu na fronte da poesia imaculada ativando a quimera do cerrado numa fronha pisot... Frase de Poeta mineiro do cerrado - Luciano Spagnol.

SILÊNCIO EM SILÊNCIO

Do que valeu
a noite, se rasgando na madrugada
onde se perdeu
na fronte da poesia imaculada
ativando a quimera do cerrado
numa fronha pisoteada
de um leito calado
duelando num ritual sem cerimônia
do poetar e o fado cansado.
Se só restou apenas a insônia.

O vento mudo,
em troca, tagarelava
totalmente sem conteúdo
com o sono, e assim falava
de sonho sanhudo
fados inconfessos
silêncio em silêncio, rudo.
“Se somente sou quando em versos.”

© Luciano Spagnol
Poeta do cerrado
Março de 2018, 3’05”
Cerrado goiano
Paráfrase Thiago de Mello

1 compartilhamento
Inserida por LucianoSpagnol