Américo Ribeiro: A LUCRATIVIDADE NAS ORGANIZAÇÕES SE...

A LUCRATIVIDADE NAS ORGANIZAÇÕES SE FAZ COM PESSOAS COM POTENCIAL DIFERENCIAL COMPETITIVO.

Vivemos em um mundo competitivo onde o seu próprio tapete é capaz de te derrubar para se sentir mais alto que você. São cobranças diárias por perfeição, por um sorriso mesmo que sem vontade. São cobranças pela mudança, mudança de cor, de aparência, mudança de peso, mudança, mudança, mudança… Mesmo que essa tal mudança não afete a você, mas apenas aquelas pessoas incapazes de ver o ser individual como parte de um sistema em que cada componente tem suas diferenças. Vivemos em um mundo de crueldade, preconceituoso que te molda, te doutrina e te sufoca. A incapacidade de aceitar seu próximo como um ser individual que apenas vive em coletividade, mas com gostos, gestos, características, formação, personalidade e vivência própria, tem sufocado pessoas a ponto de levá-las ao stress, dores emocionais e em casos mais estremos ao suicídio, vale lembrar quem nem um suicida busca com o ato a morte, mas aliviar as dores causadas por fatores internos e externos.
Uma forma de amadurecimento é entender que está acima ou abaixo é um processo de escolha sua e não de “pavões” que se incham para mostrar o inverso. Assim como toda camuflagem o tempo revela a verdadeira cor, forma e intuito da mudança para colorir a curto prazo o espaço de inserção.
Seja você. Ouça a você. Pense em você, seu sucesso com o meio vem a partir de sua compreensão com sí mesmo. O mundo já está cheio de cópias e réplicas e o diferencial está no ser original, no ser diferente. Quanto aos que “mudam” para se adaptar ao gosto de todos? Bem, é preciso entender que o mercado mais que nunca precisa de dinamismo e ideias convergentes, profissionais diferenciados que podem levar a organização a criação de produtos e serviços que satisfaçam a diversidade de público. Quem réplica nada mais será que algo obsoleto em algum tempo,serão apenas multiplicadores de cópias de pensantes.Os rumos da história foram mudados pelos loucos e não pelos “normais”. Quem nasce para ser normal jamais ultrapassar os limites da zona de conforto tão necessário a evolução e ao crescimento da sociedade, das organizações e das pessoas.

Um louco boa noite de um louco em formação!

1 compartilhamento
Inserida por Americoribeiro