Você só descobre que ama... Keyla Fogaça

Você só descobre que ama verdadeiramente alguém quando permite que esse alguém abra as asas para um grande voo.
No amor, deve haver o respeito pelo silêncio, que tantas vezes não é compreendido. Aprende-se, ainda, a liberdade sem injúrias.
Esse amor desprendido alcança a infinitude quando se entende que a alma é livre.
Tornamo-nos repletos de paz e contentamento ao descobrirmos a única verdade da vida: a de que somos passageiros.
Portanto, ao sair da vida de alguém, permita-se sair de forma clara, digna, deixando todos os pingos nos ''is'', todas as certezas, nenhuma sombra de dúvidas, nenhuma palavra para depois.
Entenda que quem está do outro lado espera sempre por uma resposta. É claro que, às vezes, não temos essas respostas, e, embora sejamos como um livro cheio de páginas, temos dúvidas que nos assolam.
Mas, aprendizes eternos, sabemos que o amor é mais, muito mais.
É paiol de luz que guarda no âmago da lembrança tudo de fraterno, sendo assim, transmuta-se. Engana-se aquele que em um raciocínio equivocado, reprime, repele tudo o que ficou atrás.
Jornadas são construídas entre erros e acertos, feridas e cicatrizes.
Há o céu, a plenitude de estar vivo e a gratidão por tudo o que nos cerca.
No fundo, no fundo... As histórias se repetirão, umas boas, outras felizes, tantas outras não tão felizes, mas ainda assim, serão histórias. Sabem por quê? Porque fomos feitos para o amor.

1 compartilhamento
Inserida por keylafogaca