Anônimo: Eu olho para os lados e não vejo...

Eu olho para os lados e não vejo ninguém, o som do silencio permanece... me sinto surdo e cego, não escuto e nem vejo nada... e o pior, não sinto falta disso.
As pessoas aparecem e somem da minha vida o tempo todo, sem ao menos se despedir, sem ao menos me abraçar.
Eu me pergunto onde tudo mudou... Há muito tempo que eu penso "o que há de errado comigo? e o que eu fiz ?
A vida não parece mais a mesma, o eu de três anos atrás não reconheceria o eu de hoje.

Ser diferente não era tão ruim a princípio, era bom ser diferente... Me sentia eu mesmo. Só que as pessoas não gostavam disso... elas me perseguiam e tomam a minha paz, e aqueles que se aproximavam era com interesses e segundas intenções.
Aqueles que se diziam meu amigo, hoje passam do meu lado e fingem não me ver.
Eu não tenho ninguém para conversar, só tenho alguns preocupados comigo, mas me sinto sufocado, com um nó na garganta e como as palavras não saem... é muito mais fácil se esconder atrás de uma tela.
É muito mais fácil permanecer em silencio.
O silêncio não me fará mal, o silencio não mentirá para mim, o silencio não me matará.

1 compartilhamento
Inserida por rafael_teldeschi