Semeadores de Sentimentos: Tente entender que mesmo com dor,...

Tente entender que mesmo com dor, algumas marcas remetem a lindas lembranças de um amor que sucumbiu e deixou espaço para o desamor assumir o comando.
Nao, amor não é descartável, mesmo a relação sendo finita, o sentimento sobrevive e bate na porta da memória sem hora marcada, principalmente quando você ainda está no mesmo endereço.
Forte é o que tolera a tristeza e continua vivendo, buscando o conforto nos abraços afetivos de quem lhe deseja o bem.
Mas, no fundo, o sentimental ainda respira o amor antigo, como se visse fantasmas em cada cômodo e no meio da rua.
A solução não está na parede nova, nem noutra cidade, tão pouco no excesso de ocupação. Está sim na força interior do seu espírito.
É fácil falar de mudar de livro ou dizer bola para frente, quando não se tem o hábito de amar alguém ou sentir saudade.
Nem sempre amamos a carne, a pele, o toque, a física. São momentos substituíveis esses e diferentes de lembrarmos de como eramos antes de perdermos a presença afetiva de alguém que já nos fez muito feliz.
Acontece quando ficamos de luto e não sabemos como sair dele, mas tentamos todos os dias nos equilibrar, mesmo com a sensação de faltar uma perna.
Não desrespeite os sentimentos dos outros, não ofenda a amargura deles com venenos diários da sua falta de compaixão.
Eles não precisam mais disso, já sofrem o bastante. Se você se aborrece com a dor deles, mude-se e cuide da sua vida, do contrário, dirão que você está se importando demais e que deve estar apaixonado.
Se estiver apaixonado, não desista, o seu amor pode curar a ferida que secou no coração de um infeliz.
Mas não agrida, nao diga todos os dias que não gosta mais de alguém ou não liga para o fim, não magoe errando assim, não perca seu tempo também.
Pode ser a chave da felicidade de quem te entregará o amor que todos os dias você reclama da vida não te oferecer.

1 compartilhamento