Paula Monteiro: Poesio meus espinhos por entre notas de...

Poesio meus espinhos por entre notas de saudades. Sorvo meus silêncios Acendo um pavio Me dilato Me inquieto Me inebrio ... Tem dias que não vejo nada ... nada ... Frase de Paula Monteiro.

Poesio meus espinhos
por entre notas de saudades.
Sorvo meus silêncios
Acendo um pavio
Me dilato
Me inquieto
Me inebrio ...

Tem dias que não vejo nada ... nada ...

Prefiro me debruçar
por entre silêncios
e vãos mudos
Do que mentir para mim
a dizer que estou sempre a sorrir .

Então hoje ...
Poesio meu vazio .
Melhor assim !

1 compartilhamento
Inserida por Paulamonteiro