Antonio Carlos: Medo O medo é um bichinho...

Medo
O medo é um bichinho insuportável,
é o próprio vírus da emoção,
quando faz companhia trava iniciativas,
retrocede a evolução
e coloca seu brinquedinho de estimação num casulo bem fechado.
O medo é terrível emperra iniciativas,
impede que se exponha o que vai no interior.
A cabeça pesa, fica baixa, os olhos espantados e a garganta leva um nó.
Pergunta-se... de que temos medo?
Do desconhecido? ...da morte?
De assaltos, brigas, desentendimentos, doença,perdas diversas...
enfim poderia se fazer uma lista interminável de razões de apoio ao bendito medo.
O medo deve ser nossa companhia apenas como maneira de prevenção,
não de dominação
para que se evite encorajar em excesso.
O medo deve ser conselheiro
não carrasco que esteja pronto para fazer execução.
Bom que se saiba que a emoção chamada "medo" é altamente poderosa
para atrair o fator que nos desagrada e que desejamos afastar.
Então...
quanto maior é o medo maior é a atração para atrair o temor ou objeto temido.
Portanto...
hoje vamos nos vestir de coragem, usar os sentimentos que atraem a alegria,
sensações que transbordem de bem estar
banhar-se da proteção na fé consciente de nossas crenças e objetivos
Nada nos detém ante objetivos determinados
e emoção impulsionada pela fé,
a mente se abre,
o momento se ajusta
e o milagre acontece!

1 compartilhamento
Inserida por Annnttonious13