Deise Jacques: JÁ EM MIM.   Já em mim havia o desejo...

JÁ EM MIM.
 
Já em mim havia o desejo
De mergulhar nesse beijo que eu nem sabia existir
Já em mim existia a intensa vontade
De percorrer com maldade
Cada curva de ti
 
Já há em mim moradia, de noite e de dia
Um desejo, alegria e um lugar pra você!
Eu não sabia se vinha, ou se ao menos existia
Ou se eu iria te ter,
Mas,
Já em mim residia a paz, harmonia,
Meu amor, poesia
Que guardei pra vc
 
Já em mim eu sentia um desejo secreto
De te ter aqui perto
Sem saber se era certo
Mas quem pode saber?
 
Já há em mim a ousadia e a vontade de um dia
Me sentir extasiada, com a pele molhada, e a alma lavada
Ter meu peito no seu...
Respirar ofegante, nascer e morrer... na explosão de um instante
E neste  abraço de amante, sentir inebriante
Saciado o seu corpo, a pesar sobre o meu
 
Já há em mim um desejo latente
De te sentir em meu ventre
Te aconchegar lentamente
Te amar loucamente
E de ser tua pra sempre
Infinitamente dentro do minuto presente
 
Já em mim existia
Um amor que crescia
Devagar como o beijo
Como o toque e o desejo
Que ousamos sentir
 
Já em mim deus grego, meu mito
Minha inspiração. Pra você eu recito...
Homem maduro, um amor de menino
O seu nome vem fácil e mais fácil eu omito
Já em mim, meu Amor, Júpiter, Hipomene, meu Anjo, você é meu Destino!

Netuno encantado pela voz da nereide
Mergulhe ao meu lado, vem matar minha sede
Bilac, Bandeiras, te quero pra mim
Vem meu amor
Vem Já em mim!!!

1 compartilhamento
Inserida por Pequenosol