Gil fagundes: Toda noite de insônia, Eu penso em te...

Toda noite de insônia, Eu penso em te escrever; No oco do meu mundo vou desfilando letras e compondo meu absurdo. Uma porção de solidão, uma noite simples e um ... Frase de Gil fagundes.

Toda noite de insônia, Eu penso em te escrever; No oco do meu mundo vou desfilando letras e compondo meu absurdo. Uma porção de solidão, uma noite simples e um violão. Olhando para o luar, procurando seu sorriso nele encontrar. Mais que tamanho absurdo disse minha alma lembre-se que és apenas um lobo solitário, admirando a beleza de um luar,

1 compartilhamento
Inserida por Gilbertofoliveira06