Ádamo Carramilo: Soneto dos Raros Olhos Olhos...

Soneto dos Raros Olhos Olhos predestinados daquela morena Me desperta os olhos da morena Olhos negros daquela morena Cor de amêndoas são os olhos da pequena São... Frase de Ádamo Carramilo.

Soneto dos Raros Olhos

Olhos predestinados daquela morena
Me desperta os olhos da morena
Olhos negros daquela morena

Cor de amêndoas são os olhos da pequena
São os olhos raros daquela morena
Penetram à minha alma como um poema

Distantes, ao longe vejo os olhos da morena
Pertos, ofuscam o meu dilema
Lembrança dos olhos da morena
Vívidos, se ajustam ao meu esquema

Companheiros, olhos meus até morrer
Sublimes como minha amada
Seus olhos, meu caminho para valer
No infinito dos seus olhos, minha morena, minha toada

1 compartilhamento
Inserida por AdamoCarramilo