Luciete Valente: Coisas de uma vida Quando ele nos...

Coisas de uma vida

Quando ele nos deixou,
Era um 8 de setembro,
Dia distante e de sentimentos confusos .
De longe, na altura de meus 8 anos
Via aquela movimentação ;
Não queria perguntar o que houvera
Não queria saber o porquê,
E nem o que seria de nós.
Apenas tentava vivenciar aquele dia
Na esperança do amanhecer..
Não sei se acompanhei o féretro ...
Lembranças , apenas de minha mãe...
Ao lado do corpo , com seu costume preto de bolinhas...
De repente , acordei e nos vi: minha irmã e eu,
Viajando para casa de parentes.
O que fomos fazer lá?
Era uma cidade estranha,
Com pessoas diferentes
Nenhum rosto conhecido...
Porque não pude chorar meu pai ?
Porque tive que adiar minha tristeza?
Durante toda a infância me senti fragmentada.
Ocupei com a imaginação as chagas abertas.
O entendimento veio com o tempo.
A linearidade da vida no seu ciclo , nascer , viver e morrer.
A todos que nos ajudaram ,
E a Deus , que mantêm no palco , minha maezinha com 92 anos,
só tenho a agradecer!
Feliz dia dos pais !

1 compartilhamento
Inserida por LucieteValente