Leonor: Dia de mãe são todos os dia que... - a...

Dia de mãe são todos os dia que...
- a gente aprende nessa relação como separar chamada de atenção com amor.
- que mãe não perde a madrugada zelando de um filho doente, mas, conquista um dia de afeto a mais pq o que cura é o amor investido com sabedoria e sem imposições.
- que nao precisa ser mãe biológica para amar, basta sentir amor de verdade.
- que cada primeiro passo do filho é motivo de alegria, e que cada tombo na vida são elas as primeiras a estender as mãos com olhar doce (mesmo nervosa) nos ergue de novo e de novo e de novo.
Quem disse que mãe só ama errou feio. Mãe além de amar, se submete a renúncias, a tolerância, não se desanima ao ser colocada em segundo plano pq seu amor é maior que todo titulo social, mãe sacrifica sua silhueta para gerar em suas entranhas e proteção de seu filho amado, enfrenta a dor para ser o escudo de filho. Na hora do parto sabemos que tudo por acontecer, mas sempre pedimos a Deus "me mantenha firme para criar meus filhos". E qdo a morte rompe o elo "físico" mesmo assim, nosso compromisso continua de zelar de onde estivermos pq amor de mãe é eterno e imensurável.
- hoje quero dedicar todo meu amadurecimento a ela que me concedeu o direito de viver - minha mãe, e, agradecer aos meus filhos a oportunidade de sentir o que minha progenitora sentiu - a sensação de dar aos meus filhos a oportunidade de viver e ao mesmo tempo a minha oportunidade de conhecer o verdadeiro sentido do amor incondicional.
- ser mãe é ser juiz muitas vezes sem dar sentenças, com a diferença de perdoar sempre.
- Em muitos momentos é ser pediatra, enfermeira, clinica geral, em outras, cirurgiã, ora farmacêutica, bióloga, cuidadora, sentinela, guardiã...
- ora somos educadoras, conselheiras, alcoviteiras, evangelizadoras, fadas ou bruxinhas, alquimistas, guerreiras, soldado, épcas...
- sempre somos faxineiras, cozinheiras, lavadeiras e passadeiras, administradoras, banqueiras, leiloeiras,conciliadoras, artistas, dançarinas, embalo, emoções a flor da pele travando horas extras sem descanso à margem de muitas renúncias.
- muitas vezes somos duras que chegamos a violentar até o nosso coração. Mas, o amor que nos move é que nos capacita a termos tantas características em nome de um compromisso que nenhum profissional abraçaria se não passar pela experiência de ser mãe seja adotiva ou biológica, o papel de mãe é estrelado com tamanha convicção que pode apagar qualquer pecado de mulher e compensar a sua transformação angélica e protetora. Mãe é o norte de uma bussola.

1 compartilhamento
Inserida por Leonnor