Cyntia Mendes: Mar de Adeus Têm dias em que o mar...

Mar de Adeus

Têm dias em que o mar está calmo e em outros está mais agitado.
E sinceramente, não tem sido fácil navegar por esse mar até então desconhecido por mim.

Embora soubesse que navegaria por ele um dia, achava que seria muito lá na frente...quando os meus cabelos mudassem toda a sua tonalidade, quando eu tivesse tido experiência suficiente para olhar para trás, satisfeita com toda a minha jornada.
Mas como toda navegação, há sempre tempestades no meio do caminho, que nos fazem mudar e até mesmo interromper a direção desejada.

A princípio sou uma marinheira inexperiente, fico angustiada e com medo diante os fatos. Há momentos em que a dor me cega, me ensurdece e chego a me desentender com o capitão por tudo o que tenho que enfrentar.
Há circunstâncias em que penso em deixar a embarcação naufragar.

Mas sei que não estou sozinha nesse barco e que existe um capitão que me incentiva a olhar para o horizonte, a ter paciência e fé para passar por esse mar tão revolto.

Enquanto esse dia não chega, eu preciso ouvi-lo atentamente e acreditar que no fim da tempestade o arco-íris surgirá e
com ele meus olhos voltarão a brilhar.

1 compartilhamento
Inserida por cyntiamends