Guibson Medeiros: Esperança. Que pena que ainda existe...

Esperança.

Que pena que ainda existe
tanta dor no meu sertão
uma cena assim tão triste
machuca meu coração
essa seca não desiste
mas o sertanejo insiste
acreditando neste chão.

1 compartilhamento
Inserida por GVM