Kelvi Klaine: ILUSÕES DO COTIDIANO "O que os...

ILUSÕES DO COTIDIANO "O que os olhos consentem em alarde Nossa mente insisti em fazer Sempre e sempre a calar-se O que sem razão insisti em dizer. Que dos ... Frase de Kelvi Klaine.

ILUSÕES DO COTIDIANO

"O que os olhos consentem em alarde
Nossa mente insisti em fazer
Sempre e sempre a calar-se
O que sem razão insisti em dizer.

Que dos embrulhos que a vida nos trás
A surpresa está no entender:
Sou desmerecido do presente
Ou do passado pertence o meu ser?

O que os olhos insistem em mostrar
Nosso consciente se contorce sozinho
O que parece é
O que não é, é só um pouquinho.

1 compartilhamento
Inserida por KelviKlaine