Alexandra Barcellos: Ela vestia vermelho quando a revolução...

Ela vestia vermelho quando a revolução estourou
Não existia lua no céu, nem comida nos pratos
O caos se alastrava como inundação

Ela ouviu a primeira bomba explodir
E correu para o banheiro
Prendeu seus cabelos o mais alto que pôde
Passou rímel azul
Usou o resto do seu perfume
E colocou no pescoço o velho talismã

O lenço que a sua avó e a sua mãe haviam usado para cobrir seus rostos
Ela usou amarrado na cintura para esconder as armas que iria usar na luta
E quando pisou na praça não estava sozinha
Muçulmanas, católicas, pagãs, judias e famintas
Todas elas encontraram-se de novo
E sem pedir permissão.

Velho Talismã

1 compartilhamento
Inserida por AlexandraBarcellos