Leônia Teixeira: Vê os olhos do poeta São diferentes...

Vê os olhos do poeta
São diferentes
São alegres e tristes
Mudam de cor.
Vê os olhos do poeta
Tem a cor da poesia
Risos e dor se completam
Saudade faz morada
Viaja nos sonhos
Vê os olhos do poeta
Amam e desamam
Na mesma festa
Não são oito nem oitenta
Tem o tamanho do amor
Vê os olhos do poeta
São claros castanhos
Escuros,
Parecem noite sem luar
Pássaros cantam
Encantam
Vê os olhos do poeta
Ramificam as flores
Nascem os rios
Viajam e cantam
Amores,
Vê os olhos do poeta
São palhaços melodia
Crianças fantasia
Bem maior que há.
Vê os olhos do poeta
As vezes ódio
Outras alegria
Amar, amar
Se apaixona todo dia
Vê os olhos do poeta
Suave como vento
Apaixonantes
Quentes e frios
Vê os olhos do poeta
Cantam
Amam
Queimam
É fogo no ar.

1 compartilhamento
Inserida por LeoniaTeixeira