Stephan Barata: Um poema a minha poesia. Como o vento tu...

Um poema a minha poesia. Como o vento tu vieste, não foste mansinha. Foste forte como um vendaval, levaste-me contigo em teus lábios. O teu beijo como uma chapa... Frase de Stephan Barata.

Um poema a minha poesia.

Como o vento tu vieste, não foste mansinha.
Foste forte como um vendaval, levaste-me contigo em teus lábios.
O teu beijo como uma chapada, fez-me desmaiar e acordar num mundo onde só tu existes.

Vez o espaço existente nas palavras que compõem estas frases?
Nem esse espaço eu quero que exista entre nós, juntos não iremos formar só frases.
Iremos nos amar...

Quero caminhar sobre frases de amor, sobre actos de amor.

1 compartilhamento
Inserida por StephanBarata