Vilmar Becker: Me pergunto se vale a pena gastar...

Me pergunto se vale a pena gastar lágrimas por sonhos não realizados, coisas desfeitas ou até malfeitas, por corações de pedra ou por corações que sequer existem, me pergunto se vale derramar lágrimas por quem não move um dedo por nada a não ser por si mesmo, se cada lágrima de dor vale o motivo de tanta dor, se vale derramar o que é de mais precioso e deveria ser gasto com o que vale a pena, me pergunto o que vale a pena, acho que me perco em saber do tamanho da lista que vale a pena derramar uma lágrima, uma criança feliz no natal, um adolescente procurando o caminho certo, um jovem sonhando o sonho da família, um adulto realizando seus desejos de adulto, e vendo seu passado uma realidade viva, lágrimas, como é o sabor dessas lágrimas, mesmo salgada sente-se doce, diferente de todo desgosto que torna o salgado da lágrima o amargo da vida, e parece que o valor de cada gota aumenta quando elas são percebidas no espelho sendo jogadas ao vento, triste lágrimas, elas rolariam felizes numa formatura na faculdade, na novidade da gravidez ou do nascimento dos filhos a alegria da família pela realização do provável, elas rolariam doces e felizes, pena que nem tudo é sonho, algumas coisas são pesadelos e tristezas, algumas coisas são desamor, desinteresse, tristes lágrimas que mostram a tristeza de rolar gotas do oceano sem onda, onde o mar não faz o barulho da humildade por estar abaixo dos rios, lágrimas que se perderam sem saber pra onde irão, tristes lágrimas que pedem uma solução pra tantas dores, pesadas caem, mas mesmo caindo o peso não alivia, que sonhos pode ainda ter quem tem uma vida de lágrimas pra viver, onde as lágrimas são poesias melancólicas frigidas, sonhos que vão e vem com vontade de vir e trazer os outros sonhos juntos, um de cada vez para ter lágrimas doces para cada sonho vivido, me pergunto se lágrimas doces existem, ainda quero prová-las.

1 compartilhamento
Inserida por VilmarBecker