Guilherme Luiz da Costa: Mais um dia de merda do cotidiano do...

Mais um dia de merda do cotidiano do jovem rebelde que nunca se rebelou. Deitou quando o mandaram dormir, levantou logo que o sino da rotina pediu. Sem fome, se... Frase de Guilherme Luiz da Costa.

Mais um dia de merda do cotidiano do jovem rebelde que nunca se rebelou. Deitou quando o mandaram dormir, levantou logo que o sino da rotina pediu. Sem fome, sentou à mesa. A comida era ótima, apesar de tantas críticas. Queria beber, mas isso era coisa de gente grande. Ainda bem que a água era gelada. Ao fim do almoço feliz em família, lavou as louças. Não tinha nada a fazer, apenas obedecer. Seu quarto não tinha chave, ao menos um banheiro privado, luxo. Não é qualquer um que tem férias tão privilegiadas, sonho. Sem sono, vomita letras, ressaca brava. O amanhã há de ser diferente como todo amanhã. Ele com certeza será outro. Mas e o resto? Também será outro é claro. Quem poderá sorrir? Ele e o resto? Ele ou o resto? Ele é o resto?!

1 compartilhamento
Inserida por Guipasta