GUIGA: Ontem tive um dia perfeito em meio a...

Ontem tive um dia perfeito em meio a Natureza! enquanto estava perdido por uma fumaça preta, escura, e tóxica, a caminho dela, as borboletas monarcas me guiavam, elas ja sabiam que lá, mesmo com belos animais,belos lagos, e belas flores... elas deviam imaginar que não cotuma ter plantas flutíferas por lá... as borboletas monarcas as adoram.Os seus aromas são totalmente puros, suas frutas são vermelhas e frescas. Eu me sinto um abençoado por Deus... Acho que foi ele que me fez ser atraído por esse lugar.Encontrei ele por acaso... foi quando fui guiado pelas as asas das borboletas- monarcas... mais no caminho passamos por várias dificuldades da vida... algumas pela a inclusive NATUREZA... como ventos, tempestades, frio,calor... mais tbm passamos por lugares naturais que foram destruídos pela a raça humana. Os caminhos que elas faziam séculos a séculos foram destruídos pela a maldade do ser humano. Seus habitat ja não existiam mais...elas se foram, suas asas foram destruídas pela a contaminação da raça humana. Já não existia mais natureza.. ja não se via mais belos pastos, belas paisagens e vegetaçoes verdes.Sem elas eu não era nínguem... aquele caminho era novo pra mim.Eu era um único ser humano do bem que resolveu pegar esse trajéto... acho que as borboletas-monarcas, ja sabiam que eu só estava por alí de passagem, ou talvez só perdido naquele abitat desconhecido e desfavorável pra mim. Mais conforme fui chegando mais perto do lago onde eu ia pescar, foram resurgindo as vegetaçoes planas e verdes... eu ja não estava mais ofegante, e com meus pulmoes cheios de ar tóxico produzindo pela a raça humana. A maldade da raça humana estava deichando de reinar sobre aquele habitat.Eu fui recuperando o meu olfato, e percebi que ja não existia o cheiro de enxofre sobre aquele lugar rico em natureza. Era uma natureza explendoroza, úmida, pura, suave, rica em vegetaçoes, e paisagens paradísiacas. Da lí ja estava pra ver o lago lindo... as paisagens eram suaves, as vegetaçoes eram planas, e com belos pastos... com vários cordeirinhos reinando por lá. Então dava-se para se ver tudo... inclusive outras borboletas -monarcas. Chegando lá, fui surpreendido por elas. Quando as a ví estavam desfrutando das árvores que contíam as suas plantas flutíferas...que inclusive eu as a tinha plantado antes... A raça humana contaminou o meu caminho, e que me acabou deichando confuso, e sem saber se era o caminho certo.Elas me deram o dever te proteger a natureza desse lugar. Me sinto com uma obrigação de zelar pos seus abitat... hoje fiz a mesma coisa... peguei o mesmo caminho, fui pescar bem cedinho... a natureza ja estava seguindo seu fluxo na normalidade... hoje a neblina ja era bem branquinha e úmida, e com um clima hârmonioso em tremenda abundância... ja não existia gases tóxicos produzidos pela a raça humana... como enxofre. Hoje a paz reina sobre aquele lugar... hoje me sinto em pleno dever em zelar da minha NATUREZA!!

1 compartilhamento
Inserida por guiga012