Freelosofia Rap: E pinga a tinta que inicia a obra, de um...

E pinga a tinta que inicia a obra, de um poeta,
com a caneta onde a ponta, aponta um conselho.
Inquieto me aquieto enquanto a mão arquiteta
escrituras, que registram tudo que aconselho.

1 compartilhamento
Inserida por freelosofia