Leandro M. Cortes: Te daria a chave da minha casa, da minha...

Te daria a chave da minha casa, da minha vida, do meu amor. Te cederia um pouco mais de mim, doaria meus pertences, o coração e diria: Toma, tudo que tenho é teu, faça bom uso. Mas, o ser usado cansa. A gente vai cansando de amores parasitas, de ser só mais uma diversão em período de férias. O tapa buracos. Não me queixo da solidão. Pelo menos, ela não me magoa, nem me machuca e nem me faz sentir ressaca de outros amores. Talvez amanhã eu volte confiar no amor. Talvez? Não sei!

1 compartilhamento
Inserida por leandromacielcortes