Antonio Luis: SOZINHO AQUI Na minha infância morando...

SOZINHO AQUI Na minha infância morando na roça Agente namorou pegados na mão Em meio às Rosas E a poeira do chão Eu te beijei foi a despedida No seu intercâmbio... Frase de Antonio Luis.

SOZINHO AQUI

Na minha infância morando na roça
Agente namorou pegados na mão
Em meio às Rosas E a poeira do chão
Eu te beijei foi a despedida
No seu intercâmbio perdemos contato
Pra relembrar olhava seu retrato
Hoje Ela voltou quase nem acreditei
Se tornou um mulherão
E eu continuo com a mesma paixão

Olhando pela janela ela passou num carrão
Com o vidro aberto disparou meu coração
Ela me viu com um abraço aperta ela sorriu
Me apresentou o marido e os filhos

Vou continuar vivendo mais parece que morri
Foi um choque no meu peito porque nunca te esqueci
Você casou com outro e eu sozinho aqui

Sem querer olhei o calendário
Ta marcado a data que agente se conheceu
Foi um sinal do espaço
Você tão perto de mim se esqueceu

Vou continuar vivendo mais parece que morri
Foi um choque no meu peito porque nunca te esqueci
você casou com outro e eu sozinho aqui.

Poeta Antonio Luís
25/07/2015

1 compartilhamento
Inserida por PoetaAntonioLuis