Thayna P.: tentar até quando? Já não é a...

tentar até quando?


Já não é a primeira, segunda ou até mesmo a terceira vez, bom... a quantidade de vezes se quer cabe em duas casas decimais, mas mesmo assim continuo tentando...
Gostaria de ter a sabedoria e frieza de saber a hora de parar, a hora de dizer tchau, acabou não sofrerei mais por amor.
Queria ter o dom de colocar a razão sempre na frente da emoção e agir feito uma maquina comandada pela razão e não pelo coração.
Queria conseguir parar na hora que eu já não estivesse aguentando mais, mas todos os dias já não reconheço os meus limites.
Queria ser assim fria e leve como uma poeira ao vento, caminhando para onde a situação me levasse sem querer sempre permanecer no mesmo lugar.
Queria saber negar presença para aquele alguém sempre ausente, queria não ser lembrada apenas para resolver problemas mas também em uma boa situação...
Queria ter a presença desse alguém em meus momentos difíceis e não apenas nos meus bons momentos.
Talvez eu não queira demais, ou queira se estiver tratando de alguém sem nada além de invidualismo e interesse próprios como forma de viver para oferecer.

1 compartilhamento
Inserida por Thaynap