Laisa Bertassoli: Covardia O que mais me aflige, não são...

Covardia

O que mais me aflige, não são os problemas que a vida trás, pois a vida e como o mar, os problemas vão e vem e ainda tem um que de encanto, uma pitada de poesia.
Verdade, viver é poesia pura, só depende do angulo que você encara cada situação.
Tenho medo de passar pela vida em branco e perceber que já é tarde demais para lutar por aquilo que me faz verdadeiramente feliz.
Az vezes me sinto a vontade de pedir aquilo que quero à Vida, mais na maioria das vezes me sinto acanhada, sem jeito, achando que peço demais, que quero demais e que exijo demais. Nesse momento Vida, só queria ser feliz, profundamente... porem você chega e me mostra que o preço cobrado por essa tal felicidade é alto demais e que minhas fichas nesse jogo que você faz estão quase se findando. Pagar ou não, eis a grande pergunta que não quer calar.
Dai descubro que sou mais covardia que coragem e recuo sempre que vejo oportunidade de virar o jogo. Medo? Ainda não sei ao certo, só sei que a possibilidade de ser profundamente feliz me aflige e me arranca o chão, descubro da forma mais dolorosa que pra ser feliz se exige ousadia.
-Vida porque? Porque não me jogo sem temor, não me entrego sem receio, porque não sou só coração?
-Consciência minha cara, consciência.

1 compartilhamento
Inserida por laisabertassoli