Nossos jovens... No final de novembro do... erotildes vittoria

Nossos jovens...

No final de novembro do ano passado, eu voltava do mercado quando um grupo de jovens de uma escola nas proximidades, desceu de um ônibus e caminhou lado a lado comigo por cerca de oitocentos metros.

Falavam alto e não pude deixar de ouvir. Fiquei encantada com a educação deles, com o que eles diziam e do quanto são criativos e capacitados quando bem direcionados pela família e pela escola.

Adolescentes alegres, mas que falavam de vida, de situações, de dificuldades existênciais. Percebi que enxergam os amigos como uma prioridade referencial nas muitas vezes que são depreciados e duramente julgados por seus familiares mais próximos.

Me senti tão bem ao lado deles que acabei entrando naquele bate-papo animado e impressionantemente responsável. Paramos na esquina de minha rua e continuamos por mais vinte minutos que pareciam segundos.

É bem provável que na maioria das vezes, subestimamos nossos filhos e não damos à eles a oportunidade de mostrar que são capazes e responsáveis.

Precisamos deixar de dar desculpas de que ainda não sabem o que querem ou não estão preparados para determinadas decisões.

Delegar à eles responsabilidades é torná-los no futuro, homens seguros e responsáveis pelos seus atos. Precisamos confiar na educação referencial, afinal, somos o espelho da vida deles.

Nos falta ainda aprender a aceitar que não somos pais perfeitos e que errar é passível a qualquer um, isso não torna um homem menor, mas ele será grande, somente quando assume suas falhas.

by/erotildes vittoria

1 compartilhamento
Inserida por erotildesvittoria