Julio Cesar Nogueira: Poemas VI (mendigos) Suas unhas sujas...

Poemas VI (mendigos) Suas unhas sujas Suas roupas rasgadas Suas vidas imundas Seus corações arranhados Tudo é triste e o seu olhar é tão podre Sua felicidade é ... Frase de Julio Cesar Nogueira.

Poemas VI (mendigos)

Suas unhas sujas
Suas roupas rasgadas
Suas vidas imundas
Seus corações arranhados

Tudo é triste e o seu olhar é tão podre
Sua felicidade é um prato de comida
Ninguém nunca vai te entender
Parece que ninguém percebe você ali

Tanta gente reclama de barriga cheia
E você de barriga vazia aguenta tudo
As humilhações que passa todo dia
As desventuras da vida e o sol do meio-dia

E sua esperança já está tão seca
Quanto seu corpo sem gordura
E ninguém sabe e entende
O quanto essa vida é dura

2 compartilhamentos
Inserida por juliocesardossantos